domingo, 2 de maio de 2010

TIMES DE FUTEBOL OU DEUSES?


(foto publicada 2a feira,2 de maio de 2010, na globo.com)

De um lado, a camisa do deus fulano de tal;
do outro, a camisa do deus beltrano, seu adversário.
No meio, as vítimas ... ou melhor, os torcedores.
Do alto, assistindo a tudo, dando gargalhadas de prazer sádico: Satanás.

- Vamos saborear a matança de hoje! Demônios, meus lacaios, quem irá morrer depois desta fascinante decisão pelo título do campeonato?
- Mestre, nós já escolhemos, pelo menos, uns cinco marmanjos.
- Não – exclamou um segundo demônio – têm dois adolescentes também, Mestre, que não irão escapar de nós hoje.
- Tem certeza disso? No outro dia vocês não conseguiram pega-los...
- Pode ficar tranqüilo, Mestre, porque hoje eles não conseguirão salvar sua pele! Veja, só, Mestre, como um deles está excitado! Só falta se jogar da janela, a cada gol do seu deus, digo, time! Já está rouco de tanto gritar! Vou ver se coloco também um tumorzinho nas suas cordas (pregas) vocais!"


E houve grande gargalhada no inferno.


(Campo de jogo de bola de Monte Alban)

Há grande gargalhada no inferno cada vez que multidões de homens – incluindo cristãos – se unem para adorar o seu deus “Time de Futebol”. As iniciais estão com letra maiúscula porque é uma ENTIDADE mesmo. Uma Entidade Espiritual.
Uma POTESTADE!

E o pior é que tem muito cristão adorando a este deus.
“Mas o que é que tem?” – perguntam com ar inocente.
São os mesmos que adoram os deuses da festividade pagã chamada Natal, no solstício do verão do hemisfério sul.
São os mesmos que adoram o deus “papai noel” – um demônio maldito, criado para obscurecer a já apagada imagem do “menino Jesus”, pois, erraram, ao criar a imagem de um “deus-bebê” para se adorar, já que um bebê não pode nos ajudar; então, decidiram acrescentar um adulto – “papai noel” – nas festividades natalinas.

São os mesmos que adoram o deus “coelhinho da páscoa”.
E o pior: ensinam a seus filhos a adorá-los também.
E essa sandice religiosa vai passando de geração em geração. É a maldição passada de pai para filho.
E a catástrofe: afastando-os do Deus único: do Deus de Jesus Cristo.

Como podem, cristãos, adorar algo, pelo que, as pessoas se matam! Então, já que é assim, poderiam adorar “Alá” – as pessoas não matam e morrem em nome dele também?

Meu filho adolescente – cristão – ao entender a idolatria e abominação que é torcer pelos “Times de Futebol”, jogou a camisa do “Time de Futebol”, pelo qual torcia, no lixo. Chega desta loucura!
Ele presenciou uma violência verbal que seu amiguinho sofreu na rua, depois de um jogo, quando saiu, vestido a caráter, para comprar um açaí. Foi quando caiu a ficha dele, de algo que eu falara para ele. O mesmo que estou falando pra você.

“Ah, não são todos os que matam!” – argumentariam alguns torcedores cristãos e não cristãos.
Há idolatria? Então, não é lugar nem atividade para um cristão.

Êxodo 20:

1-“ENTÃO falou Deus TODAS ESTAS PALAVRAS, dizendo:

2-Eu {sou} o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.
3-Não terás outros deuses diante de mim.
4-Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança {do que há} em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas de baixo da terra.
5-Não te encurvarás a elas nem as servirás: porque eu, o Senhor teu Deus, {sou} Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até à terceira e quarta {geração} daqueles que me aborrecem.”
7-Não tomarás o nome do Senhor teu Deus EM VÃO: porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

(E chamar Deus para abençoar um jogo de futebol não é usar o nome dEle EM VÃO?

Será que estas palavras dizem alguma coisa no seu coração?
Até quando, você, cristão, vai dividir a tua adoração com outros deuses? Deus não divide a glória dEle com ninguém.

Isaías 42:8 – “Eu {sou} o Senhor; este {é} o meu nome; a minha glória pois a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.”


(Aro de campo de jogo de bola Chichén Itzá)

Há morte. Há sacrifícios de sangue.
Então, cristão, não seja bobo:
Há deuses-demônios por trás disso.

Mais informações sobre a origem ritualística dos JOGOS DE BOLA e sua relação com os deuses pagãos estão no fim deste artigo. Não deixe de ler sobre os rituais de sacrifícios, e como terminavam as partidas: o capitão do time vencedor segurando a cabeça (decapitada) do capitão do time perdedor, que está ajoelhado, com o sangue jorrando de seu pescoço, sem cabeça. Esse era o desfecho da partida. Esta é origem de jogos com bola.


Sabe por que este jogo estimula à violência?
É devido à sua ascendência espiritual pagã.
Os deuses não deixaram de torcer...



O Futebol que arrecada trilhões de dinheiros e paga zilhões a alguns escolhidos jogadores (você acha que o fato de um único homem ganhar 1 milhão de reais POR MÊS (!!!), jogando bola, enquanto outros filhos de Deus vivem na pobreza, é algo que faz parte da natureza Justa de Deus – do Deus de Jesus Cristo?) é uma máquina de fazer “alienados”. O governo militar da ditadura já fazia isso, queridos. “Tome copa do mundo e filmes pornôs para que não prestem atenção no que estamos fazendo!”
E o Brasil tomava, infelizmente.
Quanto mais o Brasil ganhar títulos no futebol, mais o povo ganhará “chifres” (sabe, igual do marido traído, que ganha adornos de cabeça, sem sentir? Pois é...).

Vamos abrir nossos olhos! Olha a quantidade de campeonatos mundiais que vêm por aí! Olha a quantidade de olimpíadas! (Só por curiosidade: foram os gregos que inventaram as olimpíadas. Com as bênçãos de seus deuses.)
Com certeza, uma quantidade absurda de desmandos dos "senhores" do mundo serão “canetadas” contra a população mundial. Abram seus olhos e os olhos de seus filhos!

Vamos estimular os esportes!
Dizem os "senhores" do mundo.
Porque enquanto estimulam a criançada e a juventude a desenvolverem músculos, seu cérebro e sua capacidade analítica para perceber as falcatruas do governo mundial, vão atrofiando.

Temo pelos jovens da nossa nação.
“O que você quer ser quando crescer?”“Jogador de futebol” - respondem as crianças enganadas por um "sonho" maldito..

PARÊNTESES PARA UMA NOTÍCIA QUE SAIU HOJE, 2a. feira, 2 de maio de 2010, na globo.com
O jogador de futebol "cristão" KAKÁ POSOU JUNTO A OUTROS JOGADORES QUE ESTAVAM DE C-U-E-C-A PARA PROMOVER A COPA DO MUNDO DESTE ANO. KAKÁ não estava de cuecas, mas estava com a braguilha ABERTA da calça jeans, em pose sensual, sem camisa, com a "roupa íntima" (Leia-se C-U-E-C-A) aparecendo, obviamente, pois este é o objeto da foto. A foto é para incitar à sexualidade das e dos torcedores à sexualidade dos jogadores. Ninguém é bobo aqui.
O que um homem CASADO, que se diz CRISTÃO, quer, EXCITANDO as mulheres que se prestam a olhar com olhos cobiçosos, o marido de outra em poses SENSUAIS? Está tentando enganar quem, Kaká, ao "apenas" não posar de cueca (pelo menos não aparecendo TODA a cueca...), fazendo parte deste circo diabólico?
Os cristãos, ora.
Veja a foto. E diga-me com quem andas ... e o que andas fazendo ... e eu te direi a que deus você serve.




E eles – os "senhores" do mundo – vibram! Mais um que vai se contentar com verbas para o Esporte... e acabou!Só isso!
Vamos estimular o esporte! - dizem os "senhores" do mundo - Ah, vamos também separar verba para criarmos as oficinas de dança, capoeira e música! Mas só percussão, música clássica (essa estímula uma parte do cérebro a pensar!), não! Deixa o pessoal continuar batendo tambor e pintando a cara! Assim, eles se divertem e nos deixam arquitetar em paz, o nosso plano de conquistar o mundo!” – Não é o ratinho “Cérebro” – do desenho animado “Pink e o Cérebro” quem diz isso. São os "senhores" do mundo.

Temo pelas crianças, adolescentes e jovens do mundo.


E viva o entretenimento! - diz o povo iludido, cego, que têm olhos e não veem.
“Tadinho do povo, né? Tem que se divertir um pouquinho ... tão sofrido!”

Gente! Pára pra pensar!
Nossos jovens estão morrendo nas saídas dos estádios de futebol, aonde só quem está ganhando é quem está com os bolsos cheios de dinheiro!
Veja quantos lares estão despedaçados sem seus filhos queridos, que perderam a vida, por causa de uma estúpida disputa por uma camisa que não vale nada para ele.
Por uma camisa que não vale a sua vida, perdida.

Pense nisso.
Corrija esta inversão de valores.
Jesus Cristo é o ÚNICO Senhor.
E o único que pode SALVAR vidas.


A PAZ.



Mônica Sampaio
Radialista, Escritora e Compositora

monica.sampaio1@gmail.com
www.twitter.com/MonicaSampaio
msn: monica_sampaio_melo@hotmail.com


DIVINAS PROMESSAS - Produtora do Programa DO CORAÇÃO DE DEUS PARA O SEU CORAÇÃO – docoracaodedeusparaoseucoracao.blogspot.com

Comunidade no Orkut do Programa:
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgPost.aspx?cmm=92377762

www.monica-sampaio.blogspot.com
www.bocadahumanidade.blogspot.com
www.docoracaodedeusparaoseucoracao.blogpsot.com
www.radialista-monicasampaio.blogspot.com
www.monicasampaio.ning.com
www.sem-igreja.blogspot.com - (Comunidade no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=99875460)
www.docoracaodedeus.ning.com NOVO!




Informações sobre a origem ritualística dos JOGOS DE BOLA e sua relação com os deuses pagãos.

Fonte: Wikipédia

Relação com a mitologia e religião maias

"O Popol Vuh define a importância do jogo de bola maia muito para além de um mero desporto. Fornece ainda importantes analogias para a interpretação do jogo de bola desde uma perspectiva mitológica.
As primeiras aventuras relacionadas com o jogo de bola estabelecem a relação entre as pessoas e os deuses.
A história começa com o pai e tio dos Gémeos Heróis, Hun Hunahpu e Vucub Hunahpu, filhos dos velhos deuses Ixpiacoc e Ixmucané. Os senhores de Xibalba, o inframundo, aborreceram-se com o ruído produzido por Hun Hunahpu e Vucub Hunahpu enquanto jogavam.
O campo de jogo situa-se na orla oriental da Terra próximo do grande abismo.
Os senhores principais de Xibalba, Um Morte e Sete Morte, enviam corujas para atrair os dois irmãos a jogarem no campo de Xibalba, situado na orla ocidental do inframundo.
Os irmãos adormecem durante a viagem e acabam por ser sacrificados pelos senhores de Xibalba, sendo sepultados no solo do campo de jogo de bola.
Esta história relaciona a prática do jogo de bola com os sacrifícios. Hun Hanahpu é decapitado e a sua cabeça colocada numa planta de fruto, que dá cabaças pela primeira vez. Isto está também relacionado com a proeminência de cabeças decorativas de animais e aves usadas como enfeites da cabeça.”

Curiosidade sobre o jogo com bola. Sua origem

“O jogo de bola mesoamericano era um desporto com associações rituais jogado ao longo de mais de 3000 anos pelos povos da Mesoamérica em tempos pré-colombianos.
Apesar de poder ser jogado casualmente como simples recreação, inclusivamente por mulheres e crianças, o jogo tinha também importantes aspectos rituais, e grandes jogos formais eram acontecimentos rituais.”

Tratava-se de um jogo extremamente violento.
Ocorriam frequentemente ferimentos graves infligidos quer pela bola densa e pesada quer por outros jogadores e as mortes eram relativamente comuns. Algumas contusões sofridas durante o jogo eram tão severas que tinham que ser lancetadas de forma a extrair o sangue acumulado. Isto seria certamente significativo nos rituais de sacrifício e sangria que acompanhavam o jogo de bola asteca. Não se sabe se era permitido o contacto físico entre os jogadores.
Rituais de sangue
Em algumas ocasiões as cerimônias pós-partida incluíam o sacrifício do capitão e de outros jogadores da equipa derrotada. A associação do jogo com o sacrifício e a morte era particularmente vincada na costa do golfo. O crânio de um perdedor podia ser utilizado como o núcleo à volta do qual se fazia uma nova bola.

Os sacrifícios humanos tornaram-se um desfecho comum para as partidas de jogo de bola,
particularmente nos campos de jogo reais de cidades poderosas. Os nobre maias do clássico tardio eram ao mesmo tempo guerreiros e jogadores de bola. Um degrau duma escadaria hieroglífica em Yaxchilan, por exemplo, mostra o rei Pássaro Jaguar derrotando um prisioneiro de guerra no jogo de bola, e existe uma referência escrita a um prisioneiro de guerra num altar de Tikal. Os prisioneiros de guerra jogavam à bola com os vitoriosos, com um desfecho pré-determinado.
Após o jogo, que constituía uma reconstituição ritual da derrota duma cidade-estado, os cativos eram muitas vezes decapitados ou os seus corações eram arrancados num sacrifício de sangue.
As paredes do principal campo de jogo de bola de Chichén Itzá, retrata equipes adversárias, com o líder da equipe vencedora segurando a cabeça decapitada do líder adversário, que se encontra de joelhos com sangue em forma de serpentes jorrando do seu pescoço.”

(trechos retirados da Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Jogo_de_bola_mesoamericano Leia mais neste link)

8 comentários:

  1. Graça e paz, irmã Mônica!


    Faz tempo que abandonei meus dois clubes. Um era de futebol, o outro denominacional. Todos eles são perigosos, alienam mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz

    Ola fico feliz em ver mais evangélicos no blog
    que você continue assim usando a internet como arma poderosa para resgatar os perdidos
    aproveito para te convidar pra visitar o meu e compartilhar os meus post com você e seu amigos no blog

    http://jcbguerreiros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. excelente!!!!!!!!!! tudo que vc disse esta correto!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNS!

    A UNICA COISA QUE VC ERROU FOI EM DIZER QUE O DEUS DE JESUS CRISTO. JESUS CRISTO É DEUS!

    O RESTO ESTA ÓTIMO.

    ResponderExcluir
  5. foi a maior asneira que eu ja li (quer dizer: que eu começei a ler).. até mesmo o trabalho pode-se se tornar um deus.. qualquer coisa se tornara um deus..dependendo de quem o queira adorar.. usar a imagem do futebol ficou muito vazio.. vc sabia que o aniversario não era comemorada pela igreja no começo dos tempos.. pois era um ritual de bruxaria?? pesquise, leia e ai tente fazer um artigo

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela matéria, o espiritual entendem o natural ou carnal jamais, muito gosta de ficar somente na platéia aplaudindo tudo, mais agradecemos a Jesus por levantar pessoas que não tem compromisso com pecado, mais com o pecador. Jesus te abençoe hoje e sempre!

    ResponderExcluir
  7. Nossaaa to preocupadissima meu pastor é idolatra e não sabe disso ,imagina que ele vai ao estadio toda semana orar pelos jogadore e que Deus falou para ele que o time do qual ele ora naum vai ser rebaixado ,e mais esta rifando uma camisa autografada na igreja Ahhhh para néh!!!!!!! ja to de sco cheio disso na casa de oração Meu Deus faz a sua justiça reinar naquele lugar ....acho que o que li aqui é mais do que uma resposta pra decisão que ja vinha martelando na minha cabeça ...obrgda Senhor por abrir meus olhos e ouvidos espirituais ...entendi e obedeci amém

    ResponderExcluir
  8. muito excelente este estudo,inspirado pelo Espirito Santo,muitos são contra. pois são homens carnais e não compreendem as coisas espirituais.

    ResponderExcluir